Stacey Bess: Além da Sala de Aula

. .

Saiba mais sobre a história de Stacey Bess, que inspirou o filme além da sala de aula

Se você assistiu o filme Além da Sala de Aula, deve ter ficado impressionado com o enredo do filme, principalmente se almeja no futuro ser um educador(a). Já fizemos um resumo e análise do filme neste artigo, que você poder ler aqui  . Neste artigo vamos nos aprofundar na questão da vida e métodos da personagem principal do filme: Stacey Bess.

Eles precisavam ver que eu era real (Stacey Bess)

O filme Além da Sala de Aula é baseado na real experiência da professora Stacey Bess, durante o seu primeiro emprego como professora. Isto mesmo, seu  primeiro emprego como professora.

Agora, reflita: Quantos professores estão sendo formados para encarar desafios como vemos no filme? E logo, com a primeira classe que vai ensinar na vida.


Stacey Bess
Stacey Bess


A experiência de Stacey Bess que inspirou o filme Além da Sala de Aula

A experiência de Stacey Bess, durante os seus primeiros anos como professora na escola de um abrigo Salt Lake City, no estado norte-americano de Utah, foi que serviu de base para o roteiro do filme Além da Sala de Aula.

Segundo relatado no livro Nobody Don't Love Nobody (Ninguém não ama ninguém: lições sobre amor da escola sem nome), de autoria da mesma, a escola era a primeira do país para crianças sem-teto. Neste abrigo, elas permaneciam no máximo três meses. 
Logo, a rotatividade da sua classe era grande.

As tristes histórias de vida destas crianças são relatadas neste livro (indisponível para português).

Logo já no primeiro ano lecionando na "escola sem nome", Stacey Bess fora desencorajada a  continuar . O desestímulo partia da circunstâncias enfrentadas diariamente e da insegurança pessoal, relacionada a vida das crianças. Stacey Bess decidiu enfrentar aquilo e tentar fazer o seu melhor.

A abordagem pedagógica de Stacey Bess mostrada no filme Além da Sala de Aula

Essa pergunta foi feita várias vezes no artigo sobre o filme Além da Sala de Aula. Talvez, seja alguma pergunta de trabalho escolar. Certamente, talvez nem o professor(a) que a formulou saiba a resposta.

A pedagogia adotada por Stacey Bess e mostrada no filme Além da Sala de Aula foge dos padrões. Assista com atenção o filme e vai perceber a afirmação clara que "não fui preparada para isto". Não é o lugar e a situação que fazem o professor melhor ou pior. É a sua disposição.

Repare como era o método do antiga professora da "escola sem nome". Apenas mostrava filmes e se preocupava em fazer seu trabalho. Como era o método da professora Stacey Bess, se não a junção de vários métodos, de conhecimentos empíricos(da experiência). 

A maneira de ensinar de Stacey Bess,  por vezes nós leva a pensar no método Montessori mas, por vezes não se parece com nada visto antes. É um método novo e empírico.

O ambiente escolar não era nada formal, algo que não estamos acostumados. Os níveis escolares se misturavam. Junte a isto a aversão pela obrigatoriedade de frequentar as aulas, a péssima estrutura do ambiente e a desestruturação familiar. 

Publicidade:


Convém citar, também o péssimo interesse dos pais para com os filhos, principalmente no acompanhamento estudantil. 

 "Eu tinha que ensiná-los a ser crianças. Eles tinham que aprender que não era o trabalho deles se preocupar com dinheiro. O trabalho deles era ir à escola e ajudar seus irmãos e irmãs."(Stacey Bess)

E por longos 11 anos, a professora Stacey Bess se dedicou a educar as crianças da "escola sem nome".

 O Livro que inspirou o filme Além da Sala de Aula

Livro Além da Sala de Aula
Livro que inspirou o filme Além da Sala de Aula

O livro "Nobody Don't Love Nobody: Lessons on Love from the School With No Name " de autoria de Stacey Bess foi publicado em 1994. Como o próprio título diz, são lições de amor da pequena escola sem nome.

Nele, a autora relata sua primeira experiência como professora. Seus alunos mudaram de lugar durante grande parte das suas vidas. Os pais, na sua maioria, eram envolvidos com vícios e a negligência com as crianças era grande. Devido a essa falta de apego afetivo, se tornou muito difícil para a professora Stacey Bess conquistar alguns.

Na parte didática, fica claro que o desafio maior não era ensinar. Era se preocupar em elevar a auto-estima dos seus alunos. Novamente, retorna o citado anteriormente: a experiência educacional passada na faculdade não a tinha preparado para aquilo.

Em vista deste fato, ela aprendeu, adaptou e conseguiu. Suas lições não eram somente focadas no conhecimento dos conteúdos mas, na valorização daquelas crianças enquanto pessoas humanas. Isso significa ir além da sala de aula, do papel engessado de professor que ensinam a ser.

O Filme Além da Sala de Aula é uma adaptação deste livro e, apesar de contar com o apoio e consultoria da própria Stacey Bess, é bem diferente do livro. 


Equipe Mais Educação
Revisão: Cassemiro Luis

Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.