Filme Além da Sala de Aula - Resenha e Crítica

. .
Um filme que sem dúvida, mostra a realidade de muitos professores. A História do filme Além da Sala de Aula é real, baseado na vida de Stacey Bess, famosa palestrante americana sobre educação. Stacey se formou tardiamente na faculdade, teve que interromper os estudos por um tempo por causa de uma gravidez. Quando finalmente consegue se formar, consegue emprego como professora em uma "escola" para crianças sem teto. Pelas leis da época, crianças sem teto não tinham o direito de se matricular em escolas normais.

Cena do filme "Além do Quadro Negro"
(Créditos Site oficial Stacey Bess)

Ao chegar no local, percebe que não trata de uma escola mas sim, de um improviso, um tampão para que as crianças não fiquem sem atividade. A sala de aula é precária, os alunos com sérios problemas familiares e a professora ainda terá o desafio de ensinar para vários níveis do fundamental ao mesmo tempo. A região é um local de passagem para pessoas sem teto, quase como um albergue a céu aberto. Os moradores moram em contêineres adaptados quartos, ao lado da sala de aula passa a linha férrea que faz tremer tudo durante a passagem de trens.
A primeira reação da professora Stacey é desistir. Este não é o cenário para o qual fora preparada e o qual desejava. No entanto, reuni forças para encarar o desafio.
Com seu esforço vai conquista a simpatia dos alunos, dos pais e até da supervisão da educação local que, ignorava a dificuldade dos professores e parecia pouco se importar com a situação dos alunos.
Para deixar a escola mais agradável, Stacey investe do próprio bolso em pintura, carteiras e material didático. No filme Além da Sala de Aula, essa situação parece absurda mas, é comum em várias escolas do Brasil.

Cena do filme Além da Sala de Aula, onde a professora Stacey ouve seus
alunos em uma roda de conversa.
(Créditos: Site oficial Stacey Bess - CBS)

Se envolvendo cada vez mais, Stacey consegue apoio da direção de educação para carteiras e material didático. Tendo que se afastar do local por causa de uma gravidez, retorna após um tempo onde permanece por mais 8 anos. Graças aos seus esforços a escola é ampliada e é iniciada a construção de um prédio próprio para a escola.
Além da sala de aula, ou Além do quadro negro é um filme inspirado mas, ao mesmo tempo chocante.
Segundo as palavras da própria Stacey Bess que inspirou o filme:
Eu tive que convencê-los de que eu era um adulto em que poderiam confiar, um adulto que estava aqui hoje para eles, e estaria aqui amanhã para eles, e depois de amanhã.


Stacey Bess chegou a ser reconhecida com diversos prêmios por seus serviços como educadora, entre eles o National Jefferson Award (fonte: G1)

Ficha técnica:
Título original:  Beyond the Blackboard
Produção: CBS - Columbia Broadcasting System
Idioma: Inglês
Ano de produção: 2011

Além da Sala de Aula: um retrato do desafio de lecionar

O filme Além da Sala de Aula apresenta alguns acontecimentos absurdos em 1980, no rica cidade de Salt Lake City mas, que é a realidade em pleno 2017 em várias escolas brasileiras.
O supervisor escolar demonstra pouco se importar com a situação, chegando a afirmar que sua função era "apenas encontrar professores" para as vagas abertas. Esse descaso é muito visto em várias secretarias de edução dos estados e municípios brasileiros. Muitas vezes a questão da educação é tratada de forma burocrática e não humana.
No filme Além da Sala de Aula a professora gasta o pouco que ganha para conseguir comprar materiais para lecionar. Particularmente me identifiquei com esta cena já que, cheguei ao absurdo de ter que comprar giz para escrever no quadro.


Stacey Bess Atualmente
(Fonte: wikimedia comons)


A falta de apoio e compreensão dos pais, com a vida escolar dos filhos, é outro tema abordado que se conecta com a realidade atual. Os pais demonstram no decorrer do filme serem mais difíceis de lidar do que com os alunos.

Ao assistir o filme Além da Sala de Aula talvez você chore ou sinta nostalgia. Relembre momentos vividos e as dificuldades superadas. Este não é um filme para alunos, é para professores. Se você está desanimado com a profissão de lecionar, não assista. Talvez somente piore. Além da Sala de Aula é um filme para pensar sobre a valorização do professor, deveria ser assistido e reprisado nas Câmaras Municipais e Assembleias Legislativas para os políticos que consideram a educação como um "gasto" e não como um investimento.



------------------
Escrito por: Cassemiro Luis/ Luciane Gasparin
Para saber mais sobre Stacey Bess acesse:
www.staceybess.com/


Um comentário:

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.