.

Processo trabalhista atrapalha arrumar emprego?

. .

Se eu processar uma empresa terei problemas para arrumar emprego futuramente?



Este artigo foi escrito inspirado em um anúncio de emprego onde, trazia bem claramente a seguinte informação: "Será feito levantamento criminal e de  processos trabalhistas". Diante de situações como esta, surge na mente do trabalhador a seguinte questão: processo trabalhista atrapalha arrumar emprego?


Deixar de buscar seus direitos, quando eles existem, não está certo.

O primeiro ponto a observar é, que diferente dos antecedentes criminais, não é possível para uma pessoa física (com CPF) conseguir uma certidão negativa de processos trabalhistas. Ou seja, somente pessoas jurídicas (com CNPJ) podem conseguir uma certidão negativa e ainda, somente sobre processos contra ela. Não existe documento ou declaração oficial que o empregado pode exigir que comprove a quantidade de processos trabalhistas abertos pelo trabalhador.



Diante desta questão parece ser impossível ao empregador, saber quantos processos o futuro funcionário abriu contra empresas. Porém...


Consultar o nome do trabalhador no Google.

É possível com consultas em sites de busca como o Google por exemplo, descobrir alguns processos que envolvam o nome do trabalhador. Existem sites específicos que trazem materiais jurídicos, editais, despachos de processos, etc. Dessa forma, é possível descobrir facilmente se o trabalhador abriu algum processo, seja ele contra pessoa física ou jurídica.
Sendo assim, é possível o contratante dispensar do processo seletivo um trabalhador que tenha algum processo trabalhista.

Existe uma discussão e posições diferentes sobre a exigência de atestado criminal ao trabalhador. Na questão abordada, sobre processos trabalhistas, existe pouco assunto visto que é mais difícil comprovar a referida questão. É necessário uma prova explícita de que o contratante faz esta exigência, ou que dispensou o candidato da seleção por este motivo.

Processo trabalhista atrapalha? Uma questão ética.

Tenho durante muitos anos, acompanhado uma média de 20 mil trabalhadores no processo de recolocação no mercado de trabalho. As situações na qual presenciei preconceito por um processo trabalhista para arrumar emprego foram muito poucas. Na maioria, as empresas que o fazem são pelo único motivo de serem desonestas. Sim, é verdade.

No caso em que iniciei este artigo a contratante exigia quase 12 horas diárias de trabalho. Pela lei uma jornada de 12 horas necessita de 36 horas de descanso. Fora deste enquadramento é ilegal. O anúncio ainda trazia a informação que os primeiros meses era sem registro, algo amplamente ilegal.


Seja sincero quando questionado e exponha os motivos que o
levaram a processar a antiga empresa

A conclusão que chego é que o trabalhador não deve ter medo de buscar seus direitos. Em 99% das empresas isto não é mal visto, principalmente quando fica explícito que a empresa processada agia de forma ilegal. As empresas que andam dentro da lei não temem um trabalhador mais esclarecido. Posso dizer com toda segurança que em geral o processo trabalhista não atrapalha arrumar emprego, não irá interferir no seu futuro. 

E, se mesmo sendo admitido, você for questionado o motivo de ter processado a antiga empresa, fale a verdade. Seja um bom advogado! Explique claramente os motivos pautados na lei que o seu patrão entenderá. 
As empresas só não veem com bons olhos o trabalhador "caça níquel". Aquele que fica caçando motivos para processar todas as empresas por onde passa, que espera um deslize do empregador para tirar vantagem em cima. 


Em tempo: Na minha carreira profissional já processei duas empresas, uma por motivos "banais" (comprar 10 dias férias sem consenso) e outra por assédio moral e horas extras ( a mais recente). Nunca tive problemas para arrumar outro emprego. Vale mais sua competência profissional do que seu histórico de processos trabalhistas.

Atualização: Vários questionamentos chegaram após esta postagem. Como é inviável responder a todos foi feito um novo artigo. Leia aqui: PROCESSO TRABALHISTA: COMO EVITAR QUE ATRAPALHE NA SUA BUSCA POR EMPREGO.


Colaboração: Luis Korani
Adaptação: Equipe Mais Educação




14 comentários:

  1. Como se respaldar diante de uma negativa em uma negativa, seja entrevista,seleção ou contratação negada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se uma empresa se nega a contratar um funcionário com processo trabalhista, além de ilegal é sinal de que ela também pratica irregularidades. Já dizia o sábio: "quem tem medo de juiz é bandido". Empresas sérias e idôneas não se importam com isto. Mas é impossível a empresa saber se você está processando a anterior, somente em dois casos:
      1 - a empresa anterior forneceu má referência (o que é ilegal);
      2 - um site publicou indevidamente detalhes do processo (ilegal)

      Nos próximos dias atualizaremos este artigo com essa informação.

      Excluir
    2. Eu trabalhei na aviação por 7 anos, fiz acordo p sair, menos de 1 ano depois fiz uma entrevista para outra empresa na mesma aérea. Não fui chamada, 2 meses depois descobri que meu antigo gerente não me recomendou para esta empresa. E então, faltando 1 semana para completar 1 ano da minha saída, entrei com um processo. Como havia saído de lá amigavelmente, não vi necessidade de processar inicialmente. Agora, querer me impedir de trabalhar? Entrei pedindo horas extras, alem de assedio moral e xenofobia. Continuei tentando outras empresas e ele permaneceu me prejudicando. Agora quero fazer o curso de comissária de bordo, mas estou com receio de investir nesse curso, e não conseguir pelos mesmos motivos. Apesar que, agora ele foi demitido. O que eu quero saber é, eles podem fazer isso? Só não tenho provas, os próprios gerentes que disseram q ele não indicou. Ah, a empresa recorreu na decisão. Já vai p 1 ano desde então.

      Excluir
    3. Caro colega Anônimo ou Anônima
      Realmente seu caso é bem comum. Certamente você pode obter boas recomendações de empregos anteriores, que batam de frente com esta má recomendação. Quanto ao seu ex-gerente para denunciar a recomendação negativa precisaria de provas. Recomendo que vá até o departamento de recursos humanos desta empresa e solicite uma recomendação por escrito, se preciso acione seu advogado. A sua conduta profissional na empresa deve constar. A empresa não pode desabonar o funcionário por processo trabalhista. Sempre ao sair de uma empresa, peça uma carta de recomendação. Antes de abrir o processo. Isto evita aborrecimentos e serve como prova da sua conduta

      Excluir
  2. Não é essa a realidade; pois meu esposo está desempregado a 3 meses; as empresas fazem intrevistas e verificam que ele tem um processo trabalhista em ação; e entao o dispensao; alegando que não iram contratar mas as quantidades de funcionários previstos; essa é a desculpas das empresas; e os ouyros candidatos que não tem processo trabalhista; são contratados; é obvio o preconceito; mas essa é a justiça brasileira é o Brasil infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Conforme explicado, não existe como a empresa saber se ele tem processo trabalhista. Porém, alguns sites publicam indevidamente informações sobre processos, de atas e editais. Faça uma pesquisa no Google com o nome do seu marido e verifique se ele aparece em algum site deste tipo. Você pode solicitar a remoção amigavelmente ou buscar uma advogado para verificar se é possível acionar o dono do site judicialmente.

      Excluir
  3. Se procuramos a justiça nos nossos direitos; somos prejudicados; a ponto de não conseguir uma colocação no mercado de trabalho; o que um pai de família de ve fazer? se fosse politico teria suas regalias; mas um trabalhador honesto é que é prejudicado,estamos desacreditados dessa justiça brasileira infelizmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pura verdade essa semana entrei num processo seletivo e me pediram uma redação e pra preencher uma ficha cadastral na qual pedia meus documentos e minha carteira profissional,com certeza puxaram o CNIS pela Internet e não me deram mais retorno.PAÍS de políntimos com regalias e safadezas e trabalhador não pode requerer seus direitos que não consegue mais emprego.essa prática de solicitar documentos antes da contratação deveria gerar multas para as empresas que contratam e pra esses Rh terceirizados que fazem o trabalho sujo pra empresa.

      Excluir
  4. Estou tendo essa dificuldade para me recolocar no mercado,já fiz várias entrevistas, no primeiro contato os gerentes elogiam meu currículo, mas quando vou para o processo seletivo nas empresas junto ao RH não sou aprovado, e eu tenho certeza que é devido a um processo trabalhista que tenho. Em uma oportunidade uma amiga me indicou para uma determinada empresa e ai essa amiga me respondeu que eu não iria nem.participar do processo seletivo pois eu já tinha colocado uma empresa na justiça.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite
    Existe sim.no CNIS a empresa solicita sua documentação, e lá tem suas ações trabalhista.
    Participei de uma seletiva e passei em todas etapas,quando fui assinar a documentação a pessoa responsavelegal pelo Rh me mostrou no CNIS a ação, fisqueiro muito constrangido e não seguir no cargo.acabei desistindo pois fiquei envergonhado pela pergunta.

    ResponderExcluir
  6. Sim, pode prejudicar, porque a empresa vai consultar seus processos e vai te dispensar, sem que você nem sequer saiba.
    Acredite eles meios pra fazer isso. Os processos são públicos e existem empresas que prestam esse serviço.
    Se você tem esse receio não entre com nenhum processo.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde!
    Li o seu artigo e achei muito interessante, porém tenho uma dúvida realacioare ao meu antigo trabalho.
    Sai da empresa amigavelmente, e estou na busca pela recolocação no mercado de trabalho porém não tive muitos empregos anteriormente registrado devidamente em carteira.
    Apos minha saida, o pagamento das minhas verbas Rescisórias estava equivocado, estava abaixo do valor proporcional ao meu salário.
    Gostaria de iniciar a abertura do processo trabalhista para recorrer ao pagamento que foi efetuado errado apenas, nao tenho nenhuma queixa com relação a carga horária, ambiente de trabalho, e etc apenas com o pagamento indevido.
    Minha dúvida e se a abertura de um processo dessa proporcao se interfere diretamente na recolocação para um outro trabalho.
    Desde já fico agradecida !

    ResponderExcluir
  8. Sai da empresa amigavelmente, e estou na busca pela recolocação no mercado de trabalho porém não tive retorno ate agora,trabalhei registrado a5anos e1 mês.
    Apos minha saida, o pagamento das minhas verbas Rescisórias estava equivocado, estava abaixo do valor proporcional ao meu salário.
    Gostaria de iniciar a abertura do processo trabalhista para recorrer ao pagamento que foi efetuado errado apenas, nao tenho nenhuma queixa com relação a carga horária, ambiente de trabalho, e etc apenas com o pagamento indevido.
    Minha dúvida e se a abertura de um processo dessa proporcao se interfere diretamente na recolocação para um outro trabalho ?

    ResponderExcluir
  9. Coloquei no mês de agosto, a empresa estava querendo demitir p pagar so por horas, estava fazendo os funcionários pedir p sair pq não queria demitir, acredita que me demitiram pq meu marido as vezes me levava para o trabalho de moto e tinha dias que eu não usava a carteira de transporte público ? A mulher é uma cobra venenosa! Botei na justiça Deus queira que eu ganhe pq a humilhação que eu passei não esqueço jamais!

    ResponderExcluir

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.