Ecologia: Conceitos Gerais - Mais Educação
.

Ecologia: Conceitos Gerais

. .
.

Conceitos gerais da Ecologia

Os jornais e revistas frequentemente publicam artigos sobre problemas ecológicos. De um modo geral, esses artigos denunciam as alterações ambientais que o homem tem provocado com a poluição e com a destruição em grande escala da vida animal e vegetal. Por que essa preocupação e insistência em apontar tais fatos?
É que o homem está causando modificações muito rápidas na Biosfera, cujas conseqüências prejudiciais já estão se fazendo sentir. As causas da degradação ambiental, seus efeitos a curto e longo prazos e as maneiras de evitá-los são assuntos atualmente também tratados pela Ecologia.

A palavra ecologia vem do grego oikos, que significa casa ou lugar, e logos, que significa ciência. A Ecologia compreende o estudo do meio físico, dos seres vivos e de suas inter-relações.
Eugéne Odum, definiu-a como sendo “o estudo da estrutura e função da Natureza”. Por estrutura da Natureza deve-se entender quais e como são os agentes da Biosfera; por função da Natureza deve-se entender quais os tipos de inter-relações que esses agentes desenvolvem entre si.

Nós, como os demais seres vivos, fazemos parte da Biosfera e ocupamos determinados lugares, que podem ser cidades, povoações, fazendas ou comunidades agrícolas. Estes são os ambientes onde desenvolvemos nossas atividades básicas aos quais estamos integrados. Os demais seres vivos também ocupam determinados lugares na Biosfera, nos quais se acham integrados. Por exemplo, ao pensarmos em gado, nos lembramos de pastagens; às minhocas associamos a terra fofa e úmida; se nos lembrarmos de borboletas, pensamos logo em flores. É impossível pensarmos em qualquer tipo de ser vivo sem associá-lo a um certo tipo de ambiente.

Habitat e nicho ecológico

Lobo Guará Ecologia


Agora, é preciso fazer distinção entre o lugar que um tipo de ser vivo ocupa e o papel que ele exerce no seu ambiente.

Quando você quer saber onde vive o lobo-guará está interessado em conhecer o habitat desse animal. Se além disso, você quiser conhecer como vive o lobo-guará, está
querendo conhecer o seu nicho ecológico, ou seja, a função ou papel que ele desempenha nos lugares onde vive. 
O habitat do lobo-guará pode ser uma região de Goiás, de Mato Grosso, de Minas Gerais ou de São Paulo. No entanto, em qualquer desses lugares, sua interação com o meio ambiente é sempre semelhante, pois ele e um animal que anda sempre sozinho à noite c de manhã bem cedo pelos campos, para encontrar as frutas e pequenos animais dos quais se alimenta. Esse conjunto de interações constitui o nicho ecológico do lobo-guará

No comments

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.