Verbos: Formas nominais, rizotônicas e locução verbal

. .


Verbo é a palavra que se conjuga e exprime ação, estado ou fenômeno.

  • ·         Ação: estudar, cantar, vender.
  • ·         Estado: estar ficar.
  • ·         Fenômeno: chover, ventar.


O verbo morfologicamente, sofre várias alterações que caracterizam a pessoa, o número, o tempo, o modo e a voz.

1.  Pessoas

            São três as pessoas do discurso: 1° , 2° e 3°.

2. Números

Singular e Plural


1° Pessoa
2° Pessoa
3° Pessoa
Singular
Plural
Eu luto
Tu lutas
Ele (ela) luta
Nós lutamos
Vós lutais
Eles (elas) lutam

3. Tempos

Presente, Pretérito (Passado) e Futuro

4. Modos

Caracterizam as maneiras de um fato se realizar.

São três:

1) Indicativo:

Traduz um fato certo, exato, real.

Exemplo: Eu luto.

2) Subjuntivo:

Indica um fato hipotético, uma dúvida, uma suposição.

Exemplo: Que eu lute, se eu lutasse, quando eu lutar.

3) Imperativo:

Denota ordem, pedido, sugestão, conselho.

Exemplo: Lute. Vá. Esperemos. Lutai.

5) Vozes:

a) Ativa:
O sujeito pratica a ação.

Exemplo: O homem esquece o passado.

b) Passiva:
O sujeito sofre a ação;

I) Analítica: O passado é esquecido pelo homem.

II) Sintética: Esquecem-se os problemas.

c) Reflexiva:
O sujeito pratica e sofre a ação.

Exemplo: O rapaz se feriu.

Formas Nominais

Além dos três modos, existem as formas nominais do verbo - infinitivo, gerúndio, e particípio - que enunciam um fato de maneira vaga, imprecisa, impessoal: lutar, lutando, lutado.
Chamam - se formas nominais porque, além de verbos, podem adquirir a função de nomes na oração.

O Infinitivo (R) equivale a um substantivo.

Exemplos:

·         Viver é lutar.    (= A vida é luta).

·         O passar dos anos.   (= A passagem dos anos).

Observações:
           1) O infinitivo pode-se substantivar, caso em que permite pluralização como qualquer outro substantivo terminado em R:

Os deveres,
Os cantares,
Os falares, etc.

2) O infinitivo pode ser impessoal (sem flexão) e pessoal (flexionado).

Infinitivo
Impessoal
Infinitivo Pessoal




Lutar
para eu
para tu
para Ele
para Nós
para Vós
para Eles
lut + a + R
lut + a + RES
lut + a + R
lut + a + RMOS
lut + a + RDES
lut + a + REM

O gerúndio (NDO) equivale a um advérbio ou adjetivo.

Exemplos:
  • ·         Amanhecendo, procuraremos a sua casa.
  • ·         Água fervendo saiu do radiador

O particípio equivale a um adjetivo:
Exemplos:

·         Querida companheira...
·         Homem sabido...
·         A rainha eleita...
·         Rapazes atrapalhados...

Formas Rizotônicas e Arrizotônicas

Se o acento tônico recair sobre o radical, a forma verbal será chamada de rizotônica; se recair fora do radical, chamar-se-á arrizotônica.

Exemplos:

Presente do Indicativo


Rizotônicas


lut + o + o
lut + a + s
lut + a  


Arrizotônicas

lut + a + mos
lut + a + is


Rizotônica

lut + a + m


Pretérito perfeito do indicativo



Arrizotônicas


lut + e + i
lut + a + ste
lut + o + u
lut + a + mos
lut + a + stes
lut + a + ram



Locução Verbal


         Chama-se locução verbal  à combinação das diversas formas de um verbo auxiliar com o infinitivo, gerúndio ou particípio de outro verbo denominado principal.

Exemplos:
  • ·         Hei de passar
  • ·         Estou estudando
  • ·         É amado
  • ·         Ter de escrever
  • ·         Iam trabalhando
  • ·         Ficaram rodeados
  • ·         Começou a chorar
  • ·         Tenho falado.

Função do verbos na locução verbal


a) Auxiliar:
É o verbo que auxiliar outro (dito principal) na conjugação dos tempos compostos e locuções verbais em geral. O auxiliar forma com o principal um todo semântico:
Exemplos:
·         Ia partir
·         Tenho de ir
·         Estou escrevendo
·         Começou a chorar

b) Principal:
É o determinado pelo(s) auxiliar(es), segunda parte e núcleo da locução verbal. O principal sempre estará numa das formas nominais - infinitivo gerúndio ou particípio.
Exemplos:
·         Devo estudar verbos.
·         Estou estudando verbos.
·         Tenho estudado verbos.

Conjugações Verbais


Na Língua Portuguesa, temos três conjugações verbais, onde se destacam as vogais temáticas A, E, I.

1° conjugação:
- lutar
- cantar

2° conjugação:
- vender
- vencer

3° conjugação:
- partir
- sorrir

Observação: O verbo pôr e seus derivados, por derivarem do latim (“poer”), pertencem a 2° conjugação.

Formação do Imperativo


a) Imperativo Afirmativo

Forma-se do presente do indicativo, donde se tiram as segundas pessoas do singular e do plural, suprimindo-se a letra S final; e do presente do subjuntivo, donde se tiram a terceira pessoa do singular, a primeira e a terceira pessoa do plural, sem nada suprimir.

Exemplo:

Imperativo do verbo ENTRAR

Presente do indicativo
Presente do subjuntivo

Tu entras (-s)

Vós entrais (-s)

(que) ele entre
(que) nós entremos
(que) eles entrem

Imperativo


1° pessoa (não há)
entra tu
entre você
entremos nós
entrai vós
entrem vocês

E assim nós procedemos com todos os verbos, menos o verbo SER, que possuir duas formas diferentes. Eis o imperativo do verbo SER:

Imperativo do verbo SER

Sê tu
Seja você
Sejamos nós
Sede vós
Sejam vocês

b) Imperativo Negativo


Este, tiramo-lo todo do presente do subjuntivo, sem nada suprimir.

Exemplo:

Imperativo negativo do verbo ENTRAR
  

Presente do subjuntivo

(que)  eu entre
          Tu entres
          Ele entre
          Nós entremos
          Vós entreis
          Eles entrem
   
Imperativo

1° pessoa (não há)
Não entre tu
Não entre você
Não entremos nós
Não entreis vós
Não entrem vocês

Imperativo negativo do verbo SER

Imperativo

1° pessoas (não há)
Não sejas tu
Não seja você
Não sejamos nós
Não sejais vós
Não sejam vocês

Observação 1:

Não se pode, na língua culta, variar a pessoa de tratamento. Há que se impor a uniformidade.

Exemplos:

·         Você trouxe tua apostila? (ERRADO)
O certo é:
·         Você trouxe sua apostila?
Outro exemplo:
·         Nós se conformamos com o resultado. (ERRADO)
O certo é:
·         Nós nos conformamos com o resultado.

Observação 2:

Os verbos terminados em -ZER ou -ZIR ( quando o  Z não é precedido de consoante), na 2° pessoa do singular, podem, facultativamente, perder o “es” final:

TRAZER - traze ou traz tu


CONDUZIR - conduze ou conduz tu


Teste seus conhecimentos com esta aula:

Resolva esta lista de 7 exercícios :  CLIQUE AQUI PARA IR PARA O TESTE.



Pesquisa e redação:
Fabíola Becker
Blog Mais Educação

Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.