Ser um professor que só sabe lecionar

. .
Entrar em um curso superior já vislumbrando o futuro, rotina normal na maioria dos estudantes mas, será que um estudante de licenciatura que pensa só em lecionar e, sonha com o pó de giz está correto? Não está perdendo oportunidades? Ser um professor que só sabe lecionar não é bom. E por quê?

A profissão de professor é uma das mais antigas e uma das que não evoluíram em grande parte dos profissionais. Ainda é comum ver professores presos ao tradicional quadro negro e dependentes do livro didático. Não é um ato de ensinar, de exercer com maestria sua profissão. Estão apenas sobrevivendo. E este modelo de professor é o mais copiado.


Como ser um professor
Você se preparou para ser um professor ou para ser um profissional
no seu campo de estudo? Lecionar é consequência. (pixabay)


Quando um estudante de licenciatura em Química, por exemplo, vislumbra somente a carreira docente ele está fechando muitas portas. Ou indo pelo caminho mais difícil. É sabido as inúmeras outras carreiras na iniciativa privada nesta área, muitas ligadas diretamente na edução. Ele será sempre um professor de Química, nunca evoluirá. 

Quando um estudante de licenciatura em letras, por exemplo, vislumbra somente se formar para lecionar a disciplina, está esquecendo dos inúmeros campos de atuação que sua formação permite. Da confecção e correção de textos ao preparo de materiais didáticos, o profissional de letras é muito requisitado. 

Toda licenciatura tem outros campos de atuação que não envolvem diretamente estar dentro de sala de aula. Você quer ser professor por que ama lecionar ou porque não enxerga outra opção? Você realmente gosta da disciplina que leciona ou se sente realizado somente em ser chamado de "professor". Alguns professores só enxergam o ato de lecionar como porta. Se ela se fechar não sabem para onde correr.

Ser um professor que não depende somente de lecionar.


O primeiro passo para ser um bom  professor é esquecer um pouco o sonho de lecionar e se concentrar na sua disciplina de formação. Só ensina bem o que se conhece. Fazer qualquer curso de licenciatura somente pelo sonho de ser professor é incorreto, desonesto e vai conduzir você a uma péssima carreira na docência. Como Engenheiro sou professor na sala de aula quando leciono, no escritório quando oriento os estagiários o que fazer, no canteiro de obras quando delego e explico tarefas. 

Os melhores professores que conheci eram excelentes na didática mas, acima de tudo, tinham amplo domínio do conteúdo. Alguns lecionavam em um período e exerciam outra atividade na iniciativa privada. Isto se chama conhecimento prático. Certamente um professor de Química, que trabalhou em um indústria, terá muito mais prática para ensinar em um laboratório, do que um professor que somente exerceu a licenciatura a vida toda.


Para ser um bom professor às vezes é necessário sair do porto seguro
que é uma sala de aula e se aventurar no mar revolto.
Só com coragem se descobrem novos horizontes.


Por algumas vezes usei meu conhecimento em outras funções que não envolviam lecionar. Parece frustante mas, não o é. É uma bagagem a mais que influenciou positivamente na minha carreira docente, abrindo novos campos de atuação. O Lecionar é consequência do meu esforço para aprender sempre mais na minha área, em todos os campos. 

Alguns colegas que só vislumbraram a licenciatura, ficam raivosos quando arrumo atividades práticas para os alunos. Aula de campo de Matemática? Sim, fizemos uma aula de campo em um canteiro de obras. Aprendemos trigonometria, ângulos e de quebra fizeram anotações para questionarem o professor de Química. Isto só é possível porque decidi não ser somente um professor que leciona mas, um professor que está aberto também para aprender. 

Não seja um professor que só sabe lecionar. Professor tem de saber ensinar dentro e fora da sala de aula. Imagine um médico que só realiza cirurgias de cataratas e evita a todo custo outra atribuição. Será um profissional de pouca utilidade , no dia que a doença não necessitar mais de cirurgia, ele terá que aprender outra função. Isto é somente para ilustrar.

Por fim, esteja aberto a outros campos. Ser professor não é só lecionar em uma sala apertada. Ame primeiro a disciplina que está estudando, devore conteúdos, faça indagações. Ser professor é uma consequência de uma boa formação e dedicação a sua formação. 

E você caro colega professor, já exerceu outras atividades ligadas a sua formação fora da sala de aula? Deixe sua contribuição nos comentários abaixo. É sempre bom ouvir opiniões diferentes.


Luis Korani
- Engenheiro Civil, Administrador
licenciado em Matemática- 


Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.

.