Plano de Aula - Estereótipos e o Papel da Mulher na Sociedade Contemporânea - Mais Educação

Plano de Aula - Estereótipos e o Papel da Mulher na Sociedade Contemporânea

. .
Plano de Aula o Papel da Mulher na Sociedade
O papel da mulher na sociedade, um plano de aula
que pode ser polêmico se mal aplicado (Fonte: Pixabay)


Objetivo Geral:

Proporcionar a reflexão e a discussão acerca das visões sobre o papel da mulher no mundo, a partir da experiência de vida de cada estudante e das atividades desenvolvidas na aula.

Materiais:

  • Revistas: Caras, Veja, Claudia, etc.
  • Tesouras
  • Lápis
  • Borracha
  • Apontador
  • Aparelho de som (pode ser um caixinha com entrada USB)
  • Pen Drive
  • Cartolina (se necessário, para o terceiro momento);
  • Músicas: Dominatrix - Filhas, Mães e Irmãs ; Alcione - Maria da Penha; Atitude Feminina - Rosas



Introdução 

O objetivo deste plano de  aula é que os adolescentes possar expressar, em um primeiro momento, suas visões acerca do papel da mulher no mundo, fato que será colocado através do recorte de mulheres em revistas, onde se dará voz a estes adolescentes, realmente objetivando que eles falem consideravelmente quais relações eles teriam com estas mulheres e exemplificando em qual contexto elas estão inseridas.

Plano de Aula o Papel da Mulher na Sociedade
Cartaz produzido pelos alunos em aula baseada
neste tema.(Fonte : Educador Cassemiro)

Nesta mesma linha pretendemos em um segundo momento, identificar as relações que os adolescentes da sala mantêm com as mulheres que se relacionam, onde objetivamos vivenciar algumas passagens das vidas desses adolescentes, só que analisando o lado dele e da pessoa retratada, assim, em um determinado momento da atividade, pensamos em desenvolver um momento cênico, onde o adolescente expresse sua vivência e também troque de papel, retratando a outra pessoa e quais sentimentos e expressões esta mulher estaria sentindo naquele momento.
Por fim, diante de uma roda de conversa, já com todas as opiniões e vivência retratadas, os adolescentes vão escutar e ler três músicas que expressam visões de mulheres, mas especificamente de uma cantora de samba, um grupo de Rap e um outro grupo de Rock feminista, caracterizando a mulher nesta pós-modernidade e dando-lhe voz ativa, como efetiva agente histórica, incisiva no seu contexto e não como passiva e submissa ao homem.

Desenvolvimento da Aula:

Primeiro Momento


Os adolescentes devem ser separados em duplas ou pequenos grupos e receberão as revistas Claudia, Veja e Caras, para que eles analisem seus conteúdos e recortem imagens de mulheres em geral.

Segundo Momento

O Educador abre uma roda de conversa onde os adolescentes devem expor como eles compreendem que estas mulheres vivem, em quais contextos elas estão inseridas e qual tipo de relação eles teriam com as mesmas. 

Terceiro Momento

Com toda esta movimentação, os adolescentes devem retratar suas relações com as mulheres que fazem parte de suas vidas, sejam elas avós, mães, irmãs, tias, amigas, namoradas ou ficantes. Espera-se criar um ambiente cênico a partir destas explanações, onde os adolescentes em um primeiro momento demonstrem suas vivências e posteriormente coloquem-se no lugar da mulher retratada, tentando expor seus sentimentos. Como foi estar no lugar dessas mulheres? O que ele(a) sentiu neste lugar? O que modificaria em sua relação com elas?
Caso ache mais fácil, trabalhe com a confecção de cartazes. Personalize este plano de aula sobre o papel da mulher de acordo com a sua realidade.

Plano de Aula o Papel da Mulher na Sociedade
Exemplo de cartaz confeccionado por adolescentes durante
aplicação deste plano de aula. Importante pontuar que alguns
pontos do plano de aula foram adaptados na ocasião.
(Fonte: Educador Cassemiro)

Quarto Momento

Ao final da aula, passamos para um "relatório de avaliação de aula", onde os adolescentes vão escutar e ler algumas músicas de diversos estilos musicais, mas que retratem a visão de mulheres. O nome das músicas está na lista de materiais acima, pode encontra-las facilmente na internet.

Observações:
- Quando falamos do papel da mulher não é um plano de  aula sobre feminismo, embora seja possível manipular as ideias para este debate. Em uma sala de aula teremos diferentes visões e opiniões. O professor deve ser "o eixo" e manter-se neutro equilibrando a balança.
- As músicas são apenas sugestões. Você pode adaptar a aula com outras músicas. Nas aulas onde foram desenvolvidos os trabalhos com cartaz foi utilizado a música Camila, Camila da banda Nenhum de Nós.

Elaboração: Horizontes OSCIP
Adaptação: Educador Cassemiro

Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.