Correspondências oficiais para concursos públicos

. .
Aprender a definição de cada forma de correspondência oficial é importante para concursos públicos, ou para testes seletivos. 
Certamente, este assunto será cobrado em provas para cargos como Técnico ou Assistente Administrativo, Agente Educacional, entre outros.


Correspondência oficial concursos.
Saber o básico de redação comercial, correspondências oficiais é importante para quem pretende prestar concurso público.



Para saber diferenciar as correspondências oficiais, se atente para algumas definições:


Carta:  É um meio informal, linguagem coloquial, manual, escrita em papel comum, direta e de assunto variado e íntimo (sentimentos, segredos, informações, conselhos, etc).  No envelope, não sublinhe o endereço do destinatário. Escolha entre o endereço e a caixa postal. Coloque a cidade e a sigla do estado. Não escreve CEP, nem coloque ponto no número do CEP.

Bilhete: É mais curto, manual, direto, assunto único e já foi chamado de "torpedo".

Convite: Pode ser formal ou informal, dependendo do destinatário. Os convites podem ser para um baile, casamento, formatura, aniversário, chá de cozinha, chá de bebê, etc.

Agradecimento: Tem a finalidade de agradecer de uma forma cordial um certo feito.

Felicitações: Tem a finalidade de parabenizar alguém por algum feito.

Condolências: É enviado em casos de falecimento, doenças e infortúnios. É breve e pode-se finalizar com "estima(mos) melhora".

Circular: Dirigi-se a várias pessoas ou repartições ao mesmo tempo. Traz esclarecimentos sobre determinada lei ou regulamento. Não pode complementar nem retirar atos oficiais. Fique atento, a definição do que é uma circular tem grandes chances de cair em concursos públicos.

Comunicado: É enviado por uma empresa ou instituição. Pode informar a constituição, ou fusão de empresa, abertura de escritório em novo endereço, mudança de ramo, fechamento de contrato, reservas em hotel, registro de senhas, conta bancária, etc.

Memorando: Correspondência interna de uma empresa entre setores diferentes (chefes de seção, diretores ou autoridades de um mesmo órgão), tendo os mais variados fins (elogios, pedidos de materiais, etc).

Requerimento: Solicitação de documentos (transferência, dispensa, etc.) para uma autoridade pública a fim de que seu pedido seja deferido, isto é, aprovado em papel ofício.

Atestado: Apresenta informações acerca do portador.

Declaração: Apresenta informações positivas sobre o profissional ou grupo (direitos humanos, direitos do adolescente, etc.)

Ofício: Usado no emprego, na escola, repartições públicas para a troca de informações administrativas.

Edital: Intenção de atingir grande público sobre concursos, recrutamento, etc.

Portaria: É um documento de ato administrativo assinado por autoridade com instruções acerca de aplicações de leis, serviços, punições, etc. É geralmente assinado por um ministro para tomar providências.

Contrato: É assinado por duas pessoas (ou uma pessoa e uma empresa) que devem entrar em comum acordo sobre determinado assunto. Estrutura: Apresentação das partes, texto, demais assuntos, elege-se o fórum, data, assinaturas (ambas as partes), assinaturas de (02) testemunhas.

Procuração: Serve para nomear alguém para ser representado(a). Deve-se dar uma Procuração apenas para pessoas conhecidas e de boa índole.

Ata: Registro escrito no qual se relata o que se passou numa sessão, convenção, congresso, etc. A Ata deve ser manuscrita, sem rasuras (usar "em tempo, onde se lê, leia-se"), sem parágrafos, escrever por extenso datas, números, etc.

Abaixo - assinado: Documento que contém reivindicações, pedidos, manifestação de protesto, solidariedade, etc.

Curriculum Vitae ou Currículo: É um conjunto de informações acadêmico-escolar e socioprofissional. Quando não entregamos diretamente na mão de alguém o currículo, podemos incluir uma carta de apresentação.

Telegrama: Mensagem escrita, geralmente curta, para ser entregue ao destinatário. Atualmente, o telegrama pode ser emitido não somente através de um formulário preenchido no correio mas também através do telefone, ou online.

Recibo: Documento em que há informação sobre um pagamento feito.

Aviso: São informações de caráter particular entre dois signatários (uma pessoa e uma empresa). Os avisos podem ser curtos (enfocando um só assunto) sobre os serviços prestados (mudança, corte, alteração de contrato, etc.). O reaviso informa cortes e medidas, às vezes judiciais.

Parecer: É a análise técnica sobre determinado caso ou processo.

E o e-mail?  O e-mail, também chamado correio eletrônico é a evolução da carta. Assim como a mesma, ele pode levar mensagens, avisos, currículos, etc. Normalmente uma pessoa tem um e-mail pessoal, para uso informal, e um e-mail profissional, para uso durante o trabalho.


Colaboração:
Luis Korani





Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.