Resumo: Causas e Características da Primeira Guerra Mundial

. .
Primeira Guerra Mundial


Causas da Primeira Guerra Mundial

1° - Nacionalismo (Grande Sérvia, Pan - Eslavismo da Rússia, reivindicações da Alsácia, Pan-Germanismo.

2° - Rivalidades Políticas (Áustria x Sérvia, França x Alemanha, Rússia x Turquia, etc...)

3° - Militarização da Europa (Manutenção de grandes exércitos e poderosas frotas).

4° - Manutenção na Europa da Paz Armada (Equilíbrio de forças).

5° - Formação de blocos Antagônicos (Tríplice Aliança - Alemanha, Áustria e Itália e tríplice Entente - Inglaterra, França e Rússia).

6° - Política Imperialista (Ambições ruínas nos balcões e Ambições Coloniais da Alemanha).

7° - Imperialismos Econômicos (Lutas pelos mercados de consumo. Rivalidade Industrial entre a Inglaterra e Alemanha. Problemas relacionados a construção da Estrada de Ferro Berlim - Bagdá, provocando grande oposição da Rússia, França e principalmente Inglaterra).

Causa Imediata da 1° Guerra Mundial

Assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono imperial austro - húngaro, em Sarajevo, capital da Bósnia em 28 de junho de 1914.


Francisco Ferdinando primeira guerra mundial
Herdeiro austro - húngaro foi assassinado em Sarajevo.



Datas e Fatos importantes da Primeira Guerra Mundial

- 23 de julho - Ultimato da Áustria à Sérvia.
- 28 de julho - Áustria - Hungria declara guerra à Sérvia.
- 30 de julho - Rússia ordena a mobilização geral.
- 1° de agosto - Alemanha declara guerra a Rússia e decretação da mobilização pela França.
- 3 de agosto - Alemanha declara guerra a França.
- 5 de agosto - Inglaterra declara guerra à Alemanha.
Todos ocorridos no ano de 1914.


Características Gerais

- A Primeira Guerra Mundial durou 4 anos (1914 - 1918).
- Grupo Aliado: França, Inglaterra, Rússia. E depois: Itália, Romênia e Estados Unidos.
- As chamadas potências centrais: Alemanha, Áustria, Hungria, Turquia e Bulgária.
- Os dois lados mobilizaram 65 milhões de soldados ( 42 e 43 respectivamente).
- Inovações Bélicas - submarino, avião, gases asfixiantes, metralhadoras, lança-chamas, balas explosivas, canhões de longo alcance, tanques.
- Entre 1915 - 1917 - A guerra desenrolou-se nas trincheiras.
- Em 1917 os Estados Unidos entram na Guerra para defender seus interesses econômicos.
- Em 1918 foi proclamada a República de Weimar na Alemanha.
- Frente as derrotas, às dificuldades crescentes e à proposta de uma paz honrosa do Presidente Woodrow Wilson (documento chamado "14 pontos de Wilson"), foi assinado a 11 de novembro de 1918 o Armistício de Compiége, finalizando a Primeira Guerra Mundial.


Tratados de Paz

Os Termos da Paz não foram negociados, foram impostos como um Castigo.

A conferência aconteceu em 1919, na sala dos espelhos do Palácio de Versalhes com representantes de 32 países, porém as questões essenciais foram resolvidas por Wilson (EUA), Clemenceau (França) e Lloyd George (Grã - Bretanha).

Tratado de Versalhes

- Criava a Liga das Nações.

- Alemanha restituía:
  • Alsácia e Lorena - à França
  • Eupen e Malmedy - à Bélgica
  • Norte de Schleswig - à Dinamarca
  • Parte da Posnâmia e Prússia Ocidental - à Polônia.
  • O porto de Memel - à Lituânia.
  • Danzig tornava-se cidade livre.
  • Minas de carvão do Sarre - à França por 14 anos.

Alemanha

- Pagaria pesadíssima indenização (33 bilhões de dólares).
- Seria desmilitarizada.
- Teria as fortificações destruídas.
- Teria seu exército reduzido a 100 mil homens.
- Entregava a aviação militar e a esquadra de guerra.
- Perderia todas as suas colônias.
- Entregava parte de toda sua produção mineral (carvão, zinco, cobre, ouro, prata, etc...).
- Entregava parte de seu rebanho bovino.

Além de outras imposições.


Tratados Secundários de Paz

Tratado de Saint-Germain (1919), com a Áustria, que ficou reduzida às regiões de população alemã. A Áustria devia reconhecer a independência da Hungria, Iugoslávia, Tchecoslováquia, às quais cedia muitos territórios. Devia entregar à Itália: Trieste, o sul do Tirol, o Trentino e a Península da Ístria.

Tratado de Neuilly (1919) , com a Bulgária, que perdeu quase todo o território ganho na 1° guerra balcânica - em favor da Grécia, da Romênia e da Iugoslávia.

Tratado de Trianon (1920), com a Hungria. A Eslováquia era cedida para formar parte da Tchecoslováquia; a Transilvânia passava ao poder da Romênia; a Croácia e a Eslovênia eram entregues à Iugoslávia.

Tratado de Sévres (1920), com a Turquia. O tratado, porém, não foi reconhecido pelo governo revolucionário (nacionalistas turcos, liderados por Kemal Ataturk). Elaborou-se então, um novo tratado: de Lausanne, na Suíça (1923). A Síria se tornava um mandato francês; o Iraque e a palestina, mandatos britânicos.

Consequências da Primeira Guerra Mundial

Guerra das Trincheiras
A Primeira Guerra Mundial ficou conhecida também como a "Guerra das Trincheiras".
Novos armamentos foram desenvolvidos para penetrar neste tipo de defesa.

- O conflito mundial apresentou o emprego de novas armas, ofensivas e defensivas, que modificaram profundamente a técnica da guerra. Novos engenhos bélicos foram usados como tanques, canhões de longo alcance, aviões, gases asfixiantes, e outros.

- Novos problemas econômicos e sociais surgiram, pois a Primeira Guerra Mundial havia imposto aos países envolvidos muitos sacríficos inclusive às populações civis, atingidas diretamente pelas operações militares.

- A paz veio quase repentinamente mas resultou em milhões de mortos, propriedades destruídas e abandonadas, resultando em uma péssima situação sanitária agravada com o surgimento da Gripe Espanhola. 

- Risco de fome na Europa pelo abandono dos campos de cultivo. Desestruturação dos meios de transportes e desorganização administrativa.

- Dívidas pesadas de guerra a serem pagas pelos países vencidos aos vencedores.

- A Alemanha sofreu uma terrível inflação. que arruinou todos os que viviam de salários e rendas fixas.

- A Indústria de guerra virou a Indústria de paz. Isto levou a uma mudança brusca nos métodos de produção e comércio. Novos meios de transporte mais rápidos impulsionaram uma política de importação e exportação.

----
Imagem 1: PxHere - Licença livre para utilização
Imagem  2: comons - livre para reutilização
Imagem 3: Wikimédia comons
Bibliografia apoio:
BECKER, Idel. Pequena História da Civilização Ocidental. 7° Edição. Companhia Editora Nacional.
ARRUDA, José Robson de A. História Moderna e Contemporânea. 12° edição. São Paulo: Ed. Ática.


Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.