.

Augusto Comte - Resumo e obras

. .

Biografia resumida do filósofo francês Augusto Comte

Augusto Comte (1798 - 1857), foi um filósofo francês criador do positivismo. Nasceu em Montpellier, França, de família católica e monarquista.

Augusto Comte
Pintura - retrato de Augusto Comte 


Já muito cedo, vai estudar em Paris (1814), como aluno da Escola Politécnica, onde adquire sólida formação matemática e científica. Neste ambiente, ocorreram dois encontros que iriam determinar as duas grandes etapas da sua obra:

  1. Em 1817, conheceu H. de Saint Simon(filósofo e economista), se tornando seu secretário. Foi esta aproximação que inspirou Comte em muitos aspectos da sua doutrina, principalmente a ideia da criação de uma ciência social e de uma política científica. 
  2. O outro encontro foi em 1844, quando conheceu Clotilde de Vaux. Se apaixonou por ela de tal maneira, que essa veneração interferiu para sempre no estilo da sua obra.
De fato, Saint-Simon, provavelmente foi mais influenciado por Augusto Comte do que o influenciou.

Outro personagem marcante em sua formação foi Condorcet (1743-1794), ao qual Comte se referia como "o seu imediato predecessor".

Comte, jamais conseguiu um posto acadêmico, tendo sido sustentado por amigos durante toda a sua vida, entre os quais J.S. Mill. Já Saint-Simon, ajudou ele a publicar seu livro Plano dos trabalhos necessários para reorganizar a sociedade. As ideias básicas da filosofia positiva de Comte estão esboçadas nesta obra e desenvolvidas nos seus volumes do Curso de filosofia positiva, publicados entre 1830 e 1842.

Pensamento e obras de Augusto Comte

O pensamento de Comte só é compreendido sob a ótica da sociedade francesa da primeira metade do século XIX, profundamente abalada pelos conflitos resultantes  do processo de transformações econômicas e políticas posteriores à revolução de 1789.

Nesse contexto, a filosofia de Comte se encaixa perfeitamente, na onda contrarrevolucionária e ultraconservadora que se seguiu à Revolução Francesa. Em sua obra encontramos conceitos intimamente ligados à ordem e à estabilidade social, como tradição, autoridade, hierarquia, coesão, ajuste, norma, ritual etc;

Sua filosofia aborda a ciência como única fonte da verdade, sendo esta o último estado do homem (lei dos 3 estados) . Os problemas sociais deviam ser tratados também através desta visão (científica), criando um ramo científico somente para estudá-los. A sociologia.

Essa visão dos 3 estados do homem - teológico, metafísico e científico -  e a extrema valorização dos conhecimentos científicos, são características do positivismo, uma corrente filosófica criada por Augusto Comte.

Sua produção literária foi intensa desde a juventude. Algumas das suas principais  obras são:
  • Curso de filosofia positiva (de 1830 a 1848);
  • Os quatro volumes do Sistema de política positiva (de 1851 a 1854);
  • Catecismo positivista (1850);
  • Síntese subjetivas(1856);
Augusto Comte, sempre esteve à frente do seu tempo, sendo ignorado por todo mundo na sua época. As questões levantadas por seu pensamento, são importantes nos dias atuais e hoje, é um filósofo muito estudado e lembrado.

Para citar este texto:
MAIS EDUCAÇÃO. 1. Augusto Comte - Resumo e obras: Biografia resumida do filósofo francês Augusto Comte. 2018. Disponível em: <https://www.maiseducacao.blog.br/2018/11/augusto-comte-resumo-e-obras.html>. Acesso em: 01 nov. 2018.


Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.