Estabilidade no emprego e a sua importância.

. .

Um dos fatores que mais desclassificam seu currículo 

Não ter estabilidade nos empregos anteriores leva várias pessoas a ficarem à procura de emprego durante meses.



   Ser um funcionário dedicado, dinâmico e responsável nem sempre impressiona. Estas são qualidades que só serão percebidas no seu novo emprego após você iniciar nele. Pense sempre no seu currículo como um cartão de visitas, de uma empresa que procura outra para oferecer seus serviços. Certamente, a segunda empresa não vai dar credibilidade para uma empresa com histórico de não honrar contratos e compromissos. Portanto, pense bem antes de assumir um compromisso de um trabalho com uma empresa. A estabilidade no emprego é de extrema importância para a carreira.   
   
O dito infame que ronda as salas de espera das agências de emprego e sempre se ouve é "vou pegar este mesmo até conseguir algo melhor" não deveria ser habitual. Tudo bem, concordo que existe casos em que a necessidade de sobreviver fala mais alto mas, tornar esta prática habitual é abominável. Existe um ditado que diz que, um grande funcionário é reconhecido pela eficiência em pequenas e grandes tarefas, desta forma, caso esteja trabalhando em uma área que não seja a sua é bom considerar alguns fatores ligados a estabilidade no emprego que podem ser úteis.

As empresas buscam pessoas que se dediquem a
seguir carreira internamente.

   Trabalhe como os outros da mesma área, mesmo tendo um nível superior aos que lá estão. Considere-se como um iniciante e não seja intolerante com seus superiores. Não queira privilégios e não reclame do salário ou faça comparativos publicamente sobre o salário anterior e o atual.

   Almeje posições dentro da empresa, muitas vezes a sua área de atuação anterior pode ser levado em conta para uma promoção e futura estabilidade no emprego. Não existe mais promoção por tempo de empresa e sim por esforço e atualização. Antes de sair deste emprego inferior, avalie se não existe a possibilidade de, em um prazo curto (6 meses à 1 ano), surgir uma promoção. Demonstre vestir a camisa da empresa e tenho certeza que esta promoção virá. 

   Se surgir uma oportunidade irrecusável peça a conta. Nada de "causar" para ser mandado embora de olho em benefícios sociais ou no dinheiro da rescisão. É mais vantajoso sair pela porta da frente e com uma carta de referência do que, "causar" para ser demitido. A vantagem financeira é momentânea mas a mancha no seu currículo é para toda a vida. 

Fica mais fácil explicar, o pouco tempo na empresa quando o  trabalhador pede demissão por uma oportunidade melhor e, ainda tem boas referências da empresa em que estava. 
   Não minta na entrevista os motivos de pouco tempo no currículo mesmo que tenha sido demitido. Existem empregos temporários, e que são com prazo determinado. Neste caso especifique no currículo que era um emprego temporário ou, corre o risco do recrutador pensar o que quiser da sua pouca experiência.

O trabalho é uma corda bamba, e demissões acontecem a todo momento
Fonte: http://www.manuaisdeescopo.com.br
  Muitas pessoas ignoram que um dos principais motivos que continuam desempregadas, é a pouca estabilidade nos empregos anteriores. É um problema? Sim, sem dúvida a estabilidade no emprego mostra que o profissional que enviou o currículo, sempre parte da premissa de buscar uma ocupação que lhe satisfaça. 

O emprego é uma corda bamba e a qualquer momento podemos ser demitidos e, é importante cuidar para não ser demitido nos primeiros meses dentro da nova empresa. Algumas situações são aceitáveis como falei porém, vejo profissionais que passaram em quatro empresas em um ano e, ainda reclamam das portas que se fecham. A estabilidade no emprego demonstra responsabilidade e compromisso.

Não tenha medo de romper seu contrato de trabalho quando se sentir prejudicado ou insatisfeito. Mas, procure sair sempre da melhor forma principalmente quando não conta ainda com pelo menos um ano de empresa. A sua carreira de um profissional de sucesso, independente da área, depende exclusivamente da sua imagem, de como você constrói suas relações de trabalho e negócios durante sua vida. 

Nenhum comentário

Agradecemos o seu comentário! Em breve ele será publicado.